Como reduzir o estoque virtual

Como reduzir o estoque virtual

Toda vez que um produto consta como disponível para comercialização em um ponto de venda, mas na verdade não está, acontece o chamado estoque virtual.

São diversas as razões para isso acontecer: desde auditorias imprecisas, furtos, quebras, consumo indevido até operação incorreta no checkout – quando o operador de caixa registra cinco leites tipo integral, por exemplo, mas dois deles eram desnatados.

Resolver este problema que atinge 18% do total de itens do varejo, segundo a Neogrid, nem sempre é fácil, já que muitas empresas ainda fazem o controle manual do estoque. No entanto, o uso da tecnologia se configura como um excelente caminho para melhorar este índice. Foi o que aconteceu com uma indústria do setor de higiene. Após implantar o aplicativo da Trade Force junto aos promotores em campo, a empresa reduziu 13% do estoque virtual em loja, o que representou, em média, um aumento de 7% em vendas nos PDVs monitorados.

Dados à mão em um clique
A solução é simples: com um smartphone ou tablet dotado do aplicativo os promotores registram os indicadores pré-determinados pela indústria de maneira online, inclusive números de estoque virtual. Assim fica muito rápido detectar diferenças entre itens que aparecem no sistema, mas, na verdade, não estão efetivamente no estoque. Com estes dados em mãos, os gestores conseguem adotar medidas para ajustar o estoque e não perder mais vendas.

Portanto, ter estoque virtual significa prejuízo tanto para a indústria como para o varejo. Corrigir o problema de maneira ágil por meio da tecnologia é uma das maneiras mais eficazes para evitar perda de vendas e, consequentemente, de faturamento – uma ótima notícia em tempos de crise.

LEIA TAMBÉM:
– O jeito mais prático de checar visitas de promotores aos PDVs
Como evitar a ruptura

Deixe um comentário

Your email address will not be published.