Como as funções de Trade Marketing colaboram para o sucesso de vendas

Como as funções de Trade Marketing colaboram para o sucesso de vendas

A forma como a marca atua e se posiciona no ponto de venda é um dos itens cruciais para o aumento das vendas. Por isso, existem diversas funções de trade marketing responsáveis pelo bom desempenho no PDV, desde o coordenador, que elabora todas as estratégias do setor, até o promotor de vendas, que fica na linha de frente com o consumidor e coloca as ações planejadas em prática.

Vale ressaltar que todas as funções de trade marketing carregam sua devida importância e são essenciais no processo. Não há como fazer uma campanha bem-sucedida em loja se não houver um coordenador que tenha estudado o mercado. Ao mesmo tempo que uma ação não terá boa repercussão se não tiver uma equipe empenhada para colocar o produto na gôndola e sem promotores engajados na execução das tarefas.

De modo geral, veja como classificamos as principais funções de trade marketing e qual o papel de cada uma dentro da estratégia das empresas.

Principais funções de trade marketing


Coordenador de trade marketing:
Aquele que faz a gestão do setor, atua na elaboração das estratégias e faz a supervisão das equipes internas e externas. Clique aqui e veja mais.

Analista de trade marketing:
Profissional que organiza e acompanha a execução das tarefas junto às equipes de campo. Clique aqui e veja mais.

Promotor de Vendas:
Profissional que tem contato direto com o público, sendo responsável pela organização e promoção do produto no PDV. Clique aqui e veja mais.

O que faz um coordenador de trade marketing?

O coordenador de trade marketing é o profissional que alinha todo o planejamento estratégico de vendas no PDV, utilizando análises de mercado e características dos consumidores, como hábitos e preferências do público-alvo. Cabe a ele também a definição dos canais para a comercialização da marca, além de estabelecer a necessidade de adaptação de produtos e logística.

Em muitos casos, também é papel do coordenador de trade marketing selecionar e contratar a equipe de promotores, assim como ativadores, positivadores, demonstradores e demais profissionais que vão atuar em campo.

Manter esses colaboradores motivados é outro desafio da função. Por isso, o coordenador de trade marketing deve ter como característica habilidades de liderança e capacidade de lidar tanto com os funcionários quanto com os clientes.

O que faz um analista de trade marketing?

O analista de trade marketing tem a função de organizar as ações planejadas, desenvolvendo tarefas como: definição de calendários promocionais das categorias de produtos, estudo do comportamento do shopper, orientação e implantação de melhorias de layout nos PDVs e acompanhamento de budget.

De forma prática, é ele quem checa a execução das tarefas junto às equipes de campo. Em alguns casos, o analista também administra os investimentos nos canais de trade, dá suporte às demais áreas, como Vendas, Logística e Marketing, e auxilia o coordenador na implantação de ferramentas para geração de indicadores coletados em campo.

Quanto ao trabalho com as equipes de campo, o analista de trade marketing também implementa programas de excelência nos PDVs, organiza rotas e visitas às lojas, treina e desenvolve promotores, realiza campanhas de incentivo e premiações, acompanha as ações dos concorrentes e verifica a exposição de produtos e material de merchandising.

O que faz um promotor de vendas?

O promotor de vendas tem uma das funções de trade marketing mais importantes, pois é ele quem atua de forma prática no ponto de venda, em contato direto com o shopper. É ele quem vai colocar em ação as estratégias elaboradas pelos coordenadores, como promoções, mudanças de gôndolas, degustações e entrega de brindes.

Também é trabalho da equipe de promotores melhorar a exposição dos produtos, fazer a contagem de estoque, abastecer e organizar a gôndola, fixar materiais promocionais, promover a marca, tirar dúvidas dos clientes e coletar indicadores da marca e dos concorrentes nos PDVs.

Mas não é só isso. Por conta da proximidade com o shopper, o promotor é aquele que mais consegue identificar tendências e comportamentos do público. Por isso, sempre que possível, é interessante repassar essas informações ao gestor, de modo a criar um atendimento cada vez mais personalizado e, claro, melhorar as vendas.

Saiba mais: O Novo Papel do Promotor de Vendas

Hoje em dia, o trabalho do promotor e de praticamente todas as funções de trade marketing contam com recursos tecnológicos que facilitam o dia a dia do setor. Um dos exemplos é o aplicativo da Trade Force. Com um smartphone ou tablet conectado ao sistema, o promotor consegue captar rapidamente todas as informações em campo, como preços, produtos em estoque, validação de pontos extras, análise da concorrência, entre outros indicadores.

Assim, os coordenadores têm em mãos todas essas informações em tempo real, facilitando a gestão e corrigindo rapidamente falhas que possam prejudicar o desempenho de vendas, como rupturas e estoque virtual. Uma mão na roda, não é mesmo?

Esperamos que as dúvidas sobre as funções de trade marketing tenham sido esclarecidas com este artigo. Esse tema foi escolhido pelo nosso público leitor aqui do blog.

Se você também tem dúvida ou gostaria de se aprofundar em algum assunto relacionado à trade marketing, varejo ou tecnologia, deixe seu comentário aqui! Ah, e fique à vontade para compartilhar nossos artigos nas redes sociais! Até a próxima!

LEIA TAMBÉM: 4 ações de marketing promocional essenciais no varejo

Deixe um comentário

Your email address will not be published.