4 maneiras de melhorar a gestão de equipes externas

4 maneiras de melhorar a gestão de equipes externas

Coordenar pessoas nem sempre é tarefa fácil, ainda mais quando se trata de colaboradores externos. Mas existem algumas formas de tornar a gestão de equipes em campo mais produtiva e eficiente, com foco na motivação do time e estímulo a um melhor desempenho individual.

Quando falamos em gestão de equipes externas no varejo, logo vem à mente o time de promotores de venda. São eles que estão na linha de frente, junto ao cliente no dia a dia, representando um produto ou uma marca. Por isso, estes devem ser os profissionais mais treinados e capacitados para o atendimento.

Mas não basta apenas dizer às equipes como abordar o cliente ou atendê-lo de maneira cortês. É preciso que o promotor conheça a fundo todos os pormenores do produto que representa e esteja a par de todas as campanhas promocionais em curso. Ele precisa ser o primeiro a saber das estratégias de vendas e trade marketing, para poder aplicá-las em campo.

Por isso, a comunicação é tão fundamental. Não se faz uma boa gestão de equipes externas sem uma comunicação eficiente. Nesse ponto, é extremamente importante estabelecer canais para conversar com os colaboradores a todo momento, fazer treinamentos periódicos e também reuniões individuais, para conhecer as dificuldades de cada um e checar o nível de engajamento e comprometimento dos profissionais.

LEIA TAMBÉM: Como as funções de Trade Marketing colaboram para o sucesso de vendas

4 dicas essenciais para a gestão de equipes externas

 

1 – Estabeleça metas

Uma boa gestão de equipes começa com um planejamento bem definido, no qual cada colaborador conheça suas funções e seu papel dentro da organização. Cabe ao líder estabelecer metas de curto, médio e longo prazos, de modo a manter os objetivos de cada período sempre em evidência e, claro, comunicá-lo a todos os envolvidos.

Nesse ponto, é fundamental estabelecer metas viáveis, que possam efetivamente ser batidas pelos colaboradores externos, para não desmotivar os funcionários no meio do percurso. Também é importante reconhecer o empenho das equipes e conhecer as dificuldades diárias para o cumprimento dos objetivos.

2 – Mantenha os colaboradores informados

Quando se trata de comunicação, rotinas simples podem ajudar a compartilhar as novidades, as informações administrativas e, claro, também as conquistas individuais.

Além criar o tradicional grupo no WhatsApp ou enviar e-mails periodicamente, o gestor pode utilizar aplicativos de celular que permitem publicar informações, tarefas e até agenda de compromissos, como o app da Trade Force. Com o sistema, o líder consegue mandar mensagens instantâneas, com fotos e arquivos anexos, que facilitam a disseminação do conhecimento, seja de forma individual ou para uma equipe específica. Por exemplo, se o gestor quer divulgar uma campanha de merchandising que vai começar somente em uma determinada região, pode selecionar apenas os colaboradores que atuam nesses locais para informá-los sobre as ações de marketing de forma prática e rápida. Para saber mais sobre o aplicativo da Trade Force, clique aqui.

3 – Crie campanhas de incentivo

A utilização de campanhas de incentivo para melhorar os resultados das empresas já é comum no ambiente comercial, e também é extremamente positivo na gestão de equipes no varejo. Nada melhor para manter os funcionários motivados do que bonificar a superação de metas estabelecidas.

Assim, use a criatividade para atrair o interesse dos colaboradores, oferecendo os mais variados tipos de prêmio (não precisa ser só em dinheiro), de acordo com o perfil de cada um. Leia neste artigo algumas dicas para elaborar uma campanha de incentivo para sua equipe.

4 – Aposte na capacitação

Independente da natureza da empresa, nunca é desperdício manter seus funcionários atentos às mudanças do mercado, novidades na área de atuação e especializações necessárias.

Portanto, sempre que possível, mostre ao funcionário como a empresa se preocupa com a melhoria da qualificação dele, oferecendo workshops, palestras e treinamentos, sejam eles presenciais ou online, se houver obstáculos geográficos.

Se a empresa não dispõe de recursos financeiros para contratar palestrantes ou fazer um grande evento, uma boa saída é gravar vídeos ou fazer um webnário contando uma experiência de sucesso ou abordando um tema importante para os colaboradores. O próprio líder pode ser o instrutor ou convidar alguém da companhia para compartilhar algo interessante.

Esperamos que as dúvidas sobre as funções de gestão de equipes externas tenham sido esclarecidas com este artigo. Se você tem dúvida ou gostaria de se aprofundar em algum assunto relacionado à trade marketing, varejo ou tecnologia, deixe seu comentário aqui! Ah, e fique à vontade para compartilhar nossos artigos nas redes sociais! Até a próxima!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.