O que é Shopper Marketing?

O que é Shopper Marketing?

Sua empresa tem estratégias focadas em shopper marketing? Ainda pouco difundido no Brasil, o conceito de shopper marketing envolve todos os estímulos e táticas para atingir adequadamente o público-alvo no ponto de venda. Mas você deve estar se perguntando se isso não é a mesma coisa de merchandising ou trade marketing. Na verdade, o termo é um pouco mais específico, mas vamos explicar mais detalhadamente a seguir.

Antes, porém, precisamos fazer um parêntese. Diferente do consumidor final, aquele que vai consumir efetivamente o produto, o shopper é aquele que pensa e decide a compra. É ele quem avalia o custo-benefício de um item, “pesa” o valor de uma marca, vê o preço, analisa as características e benefícios e, por fim, leva a mercadoria.

Vamos dar um exemplo: uma mãe vai ao supermercado e compra um brinquedo para o seu filho. Neste caso, a mãe é o shopper, enquanto o filho é o consumidor. Já em uma situação onde a mãe adquire uma peça de roupa para si, temos ela como shopper e consumidora ao mesmo tempo.

Desta forma, o shopper marketing envolve a estratégia direcionada ao shopper no ponto de venda, a fim de avaliar a melhor forma de impactá-lo positivamente e, claro, fazer com que ele compre.

O conceito de shopper marketing é descrito por especialistas como uma extensão do trade marketing. Seus fundamentos estão centrados na geração de insights e na efetividade das ações dentro do ponto de venda.

Shopper marketing: como as pessoas agem no PDV

Sabemos que a maioria das decisões de compra é tomada em frente à gôndola. Isso significa que uma marca tem, em média, 1,6 segundo para “conquistar” o seu público. Por isso, tratando-se da elaboração de táticas de shopper marketing, é fundamental, antes de qualquer ação prática, traçar um perfil deste comprador, identificando como ele age no momento da compra.

E não se trata de apenas traçar um perfil genérico do shopper, mas, sim, de conhecer todo o seu caminho até a compra, o que, de fato, o influenciou e como ele foi convencido a levar a marca X e não a Y.

Por isso, hoje se fala tanto na tal da experiência de compra, ou seja, proporcionar um momento de prazer, satisfação e relaxamento que leve o shopper à compra. Nesse contexto, degustações, distribuição de brindes, manuseio do produto e outras táticas de marketing promocional podem funcionar muito bem. Veja algumas ideias legais aqui.

Mas de nada adianta conhecer o shopper e fazer o estímulo à compra se ele não encontrar o produto desejado no PDV. Aí entra outro ponto muito importante: a análise de sortimento e o gerenciamento por categoria. Verificar quais itens que deve estar em cada loja é parte obrigatória dentro da estratégia de shopper marketing.

VEJA TAMBÉM: Por que a análise de sortimento é tão importante

Em resumo, podemos dizer que o conceito de shopper marketing envolve o desenvolvimento de estímulos de marketing, baseados no profundo entendimento sobre o comportamento do shopper no PDV, de modo a influenciar o momento da compra.

Esperamos que estas questões sobre shopper marketing tenham sido úteis para você. Se quiser sugerir mais algum tema para o nosso blog, escreva para a gente aqui nos comentários. Ah, não se esqueça também de compartilhar este artigo em suas redes sociais.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.