Tendências no varejo: consumidores demandam novas tecnologias

Tendências no varejo: consumidores demandam novas tecnologias

Todo mundo que trabalha no setor varejista sabe a revolução que o mercado vem passando nos últimos anos. Por isso, é importante estar por dentro das principais tendências no varejo, sejam elas ligadas diretamente ao consumidor ou à rotina de trabalho e gestão.

Sabe-se que o perfil do consumidor mudou bastante. Ele encara as compras além da satisfação de suas necessidades básicas. Adquirir bens e serviços tornou-se atividade social, ou seja, é algo ligado à satisfação pessoal, ao prazer e até mesmo à superação de frustrações.

Com isso, o varejo precisa pensar mais a fundo se o conceito visual das lojas atende a todas essas expectativas. Além disso, é necessário verificar se o ambiente físico é agradável, se a estrutura oferece praticidade (como, por exemplo, a oferta de outros serviços) e se os funcionários fazem um atendimento personalizado.

Tudo isso é essencial para oferecer a experiência de compra mais prazerosa possível, afinal hoje o consumidor também é multicanal e, assim, ele pode optar pela comodidade de adquirir qualquer bem ou serviço pela internet. Aliás, o omnichannel é outra tendência no varejo que precisa ser observada. As novas gerações fazem quase tudo pelo smartphone. Por isso, um e-commerce atrativo deve fazer parte da estratégia de qualquer varejista – se é que ainda não faz.

Demanda por novas tecnologias

Diante deste cenário, conhecer a fundo o consumidor ou o shopper é fundamental para traçar estratégias corretas e que estejam alinhadas às novas tendências de mercado.

Com base nisso, algumas tecnologias são aliadas importantes e facilitam o caminho para chegar ao detalhe do detalhe do que acontece no ponto de venda. São elas: câmeras que “lêem” informações do comprador, sistemas eletrônicos de contagem de pessoas e aplicativos que captam dados de estoque, ruptura e concorrência em tempo real, só para citar alguns exemplos.

Todas essas ferramentas ajudam a reduzir custos e a melhorar as vendas, podendo resultar em maior lucratividade. Aproveite o período de planejamento estratégico para o próximo ano e inclua no projeto a adoção de tecnologias que auxiliam e trazem resultados concretos para os negócios.

LEIA MAIS: 
Como reduzir o estoque virtual
O jeito mais prático de checar visitas de promotores aos PDVs

Deixe um comentário

Your email address will not be published.